Teatro de Bonecos

Arrancamento

Performance em colaboração com a dançarina Margô Assis, 

Uma rede de fios em ramificação, polias e contra pesos conectados a um corpo-objeto.

Repercussões dos movimentos do corpo para o espaço e do espaço para o corpo.

Dois personagens mascarados invadem o ambiente, trazendo suas regras, suas ações e suas repercuçoes para o espaço.

A ação estimula a leitura simbólica do observador, implícita no

ato de arrancar/ deslocar um corpo ou um objeto de um lugar já estabelecido.

O que fica? O que sai? Por que sai? O que resta no espaço?